Arquivos do Blog

Polícia, bandido, a educação e a falta dela.

Estamos à beira de um penhasco e o vento é forte.

Para quem mora em alguma comunidade ( nome dado a favela para ficar mais humanizada ),  já não basta a chuva de balas perdidas, ou o sofrimento de viver na periferia de grandes cidades sem condições de transporte, saúde, segurança pública, ainda assim tem que agüentar os apagões elétricos e ficar horas a espera de uma condução pra voltar pra casa, já pela madrugada.

Não é só isso, ainda temos nossas  “Geisys”, maltratadas, estupradas, açoitadas e humilhadas por nossos tão bem educados alunos, filhinhos de papai, ou simplesmente medíocres moleques. Algumas têm a sorte de continuarem vivas e a media ouvir suas súplicas, outras “Marias da Penha” ainda podem reclamar, mas para outro tanto, não pequeno, melhor cabe o choro de quem fica, às vezes nem isso.

Viva a sociedade alternativa!

escola 10 km
Foto: Ricardo Carelli

 

O verdadeiro apagão, parece, está na cabeça de todos, que vão esquecer o “UNItaliBAN”, o “Crime da Mala”, “Os pedófilos de plantão”, os “Nardoni’s”, “Marcola’s” e Cuecas cheias de dólares. Este apagão está dentro de todos nós, não duvide.

Mas existe esperança, fora a Copa do Mundo e as Olimpíadas no Brasil? Quem sabe?

Será que ainda existem pessoas, resignadas à deriva desta sociedade podre, que ainda acreditam na educação, no carinho e na família ainda como o berço e o pilar da comunidade ( ai sim no sentido exato da palavra )?

Eu acho que sim……!

%d blogueiros gostam disto: